♰Dom Celso Antônio Marchiori Bispo de Apucarana


21/11/2016


O MAIOR EVENTO MUSICAL NATALINO DA REGIÃO

As mais belas canções natalinas nacionais e internacionais, regidas por uma das maiores personalidades da música sacra e litúrgica do Brasil.


A Paróquia Santíssima Trindade e Santuário Divino Pai Eterno de Arapongas terá a alegria de receber uma das edições do 2º Concerto de Natal – Nações, louvai o Salvador! –no dia 18 de dezembro, às 20h30min. O evento estará a cargo dos corais Nossa Senhora Aparecida de Apucarana, São João Maria Vianney dos seminaristas diocesanos e Vidas e Vozes de Arapongas, sob a regência do maestro Adenor Leonardo Terra, uma realização D.A On-Line/PASCOM – Pastoral da Comunicação com o apoio da Web Rádio Deus Está no Ar e da TV Paraná.
Os corais já estão ultimando os preparativos para este grandioso espetáculo, e o repertório, como de costume, será bastante eclético, contemplando músicas eruditas, sacras e populares, em vários idiomas. Desta vez, todos os que comparecerem ao concerto ganharão uma vela, que será acesa em uma vela especial da Misericórdia que foi trazida de Cracóvia - Polônia, e que foi abençoada pelo Papa Francisco.
Venha participar deste grande momento de cultura e fé, que certamente nos ajudará a preparar melhor os nossos corações para acolhermos o Deus Menino que vem ao nosso encontro!
Este mesmo concerto será apresentado no dia 19 de dezembro (segunda-feira), às 20h30, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Apucarana, onde também será realizada uma homenagem ao Padre Marcos Donizete Bertanha, dando início a um projeto de homenagens a personalidades pertecencetes a Diocese de Apucarana.
A entrada é gratuita e contamos com a presença de todos, como também dos participantes da Novena de Natal, das pastorais, grupos e movimentos de toda Diocese de Apucarana para uma noite de muita emoção, luz e bênçãos!
OBS: (Para você que mora em outra cidade, fora de Apucarana e Arapongas, ou que gostaria de organizar uma peregrinação com seu grupo de Novena de Natal, pastoral ou movimento estamos disponibilizando um modelo de ofício de solicitação de transporte para se organizarem e assim prestigiarem este momento único na comemoração do seu Natal)
------------------------------------------------------------------------------------
(Segue a baixo o modelo de ofício de solicitação de transporte, copie e cole em seu PC e preencha os dados necessários)

PARÓQUIA (Nome da Paróquia)
(Endereço da paróquia)

(Nome da cidade), (dia) de dezembro de 2016.

Ref.: Solicitação de Transporte de Passageiros

Destinatário: (Prefeitura Municipal de ........................– Pr – Secretaria de Administração)
Prezado(a) Secretário(a) da Administração

Sr(a). Nome do Secretario(a)

A PASCOM – Pastoral da Comunicação da Igreja Católica da Diocese de Apucarana promoverá em (Escolha uma das apresentações) 18/12/2016 (Domingo), às 20h30 na Paróquia Santíssima Trindade de Arapongas e no dia 19/12/2016 (segunda-feira), ás 20h na Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Apucarana o 2º Concerto de Natal – “Nações, louvai o Salvador”, sob a regência do Maestro Adenor Leonardo Terra.
Para tanto, a Paróquia (nome da Paróquia) solicita ao Município (Nome do município) o patrocínio de um (ou outra quantia) ônibus, para transporte dos fiéis, no total de (número de passageiros) passageiros, a fim de participarem do evento, seguindo o itinerário: (Organize conforme a realidade de cada Paróquia seguindo o exemplo abaixo)

- saída no dia (dia,mês e ano) , às (horário), da (local da Saída), com previsão de horário de retorno para às (horário), no mesmo local de partida.

Desde já agradecendo a disponibilidade, convidamos V. Sra., a todos os funcionários da Prefeitura Municipal de (Nome da cidade), e familiares, a participarem conosco neste evento.
Atenciosamente.
_______________________________________
PARÓQUIA (Nome da Paróquia)
Assinatura do Pároco

 


Escrito por Docel às 12h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13/07/2016


No mês de agosto será lançado no canal da Diocese de Apucarana no YouTube o quadro "Bate Papo com Dom Celso A. Marchiori", será realizado uma vez por mês e com a possibilidade de algumas edições serem ao vivo, nele estarei respondendo algumas perguntas, onde você pode encaminha-las atráves do e-mail: diocesedeapucaranacomunicacao@hotmail.com não esqueça de colocar seu nome completo, sua cidade e a paróquia que pertence. Esta é mais um forma de estarmos juntos evangelizando, estou aguardando sua participação! 

 

Escrito por Docel às 18h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/03/2016


Para entrar no mistério, é preciso humildade, a humildade de rebaixar-se, de descer do pedestal do meu eu tão orgulhoso, da nossa presunção; a humildade de se reajustar, reconhecendo o que realmente somos: criaturas, com valores e defeitos, pecadores necessitados de perdão. Para entrar no mistério, é preciso este abaixamento que é impotência, esvaziamento das próprias idolatrias, adoração. Sem adorar, não se pode entrar no mistério. Sábado Santo, 4 de Abril de 2015

Escrito por Docel às 00h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/03/2016


2º Concerto de Páscoa promete fortes emoções

A Diocese de Apucarana tem a alegria de convidar a todos para o 2º Concerto de Páscoa – Cantate Domino (Cantai ao Senhor), a ser realizado conforme segue:

• Dia 31 de março, às 20h30min, na Paróquia São José, em Apucarana;
• Dia 01 de abril, às 20h30min, na Paróquia Santo Antônio, em Arapongas.
O evento contará com a participação dos corais Nossa Senhora Aparecida, FACNOPAR, Vidas e Vozes e do Seminário São João Maria Vianney, sob a regência do maestro Adenor Leonardo Terra (autor do hino da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016) 

ENTRADA GRATUITA! 

Venha participar deste momento de cultura, fé e emoção, vivenciando a Páscoa do Senhor através da música!

Realização: Diocese de Apucarana 
Diretor Geral: Padre Marcos Donizete Bertanha
Diretor Artístico: Adenor Leonardo Terra 
Organizador e divulgação: Douglas Felippe

#VamosCompartilhar
#VamosDivulgar
#VamosPrestigiar 
#ConcertoDePáscoa


Escrito por Docel às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

05/11/2015


Diocese se reunirá para louvar o nascimento do Salvador

Vozes, instrumentos e coração irão se unir para entoar um grande hino de louvor!

Vem aí o 1º Concerto de Natal – “Nações, louvai o Salvador!” em duas apresentações, uma no dia 15 dezembro (terça-feira), às 20 horas no Cine Teatro Mauá em Arapongas e a outra no dia 17 de dezembro (quinta-feira), às 20 horas e 30 minutos no Santuário São José de Apucarana.

Um grandioso evento que reunirá em um só local 5 corais adultos e 5 corais infantis sob a regência do Maestro Adenor Leonardo Terra , que é um dos referenciais da música litúrgica da Igreja do Brasil e membro da CNBB sobre a música sacra.

Você irá se emocionar com as mais belas canções natalinas nacionais e internacionais, num repertório minuciosamente elaborado com muito carinho e profissionalismo, para que tenha como resultado um verdadeiro espetáculo em homenagem a comemoração do nascimento de Jesus Cristo.

Link para o evento no facebook: https://www.facebook.com/events/1609778495952956/

Utilize as # abaixo na divulgação: 

#concertodenatal #louvaiosalvador #eventodiocesano

            

Escrito por Docel às 15h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/09/2015


        

Carta aberta aos fiéis da Diocese de Apucarana

Apucarana, 30 de setembro de 2015


Estimados irmãos e irmãs, o documento conciliar “Optatam Totius”, sobre a formação dos sacerdotes, no segundo tema, apresenta orientações de estimulo às vocações, colocadas como sendo uma responsabilidade de todo povo cristão. Essa tarefa cabe primeiramente a mim,como bispo diocesano, pois tenho a missão de animar toda a família diocesana a mim confiada dando-lhe um impulso vocacional, sem poupar esforços e trabalhos em busca deste objetivo. 
Queremos agora, de forma mais explícita e motivados pelo jubileu áureo de nossa diocese, avançar na construção de uma cultura vocacional em todas as instâncias de nossa querida e amada diocese de Apucarana. Percebendo o quanto isso é importante e necessário, vamos promover em todas as nossas atividades pastorais e celebrativas uma mentalidade vocacional. 
Neste sentido destaco alguns importantes trabalhos realizados pelo SAV – Serviço de Animação Vocacional que se utiliza de vários mecanismos para despertar no coração do povo de Deus mais e santas vocações. Aqui destaco a fanpage facebook.com/savdeapucarana. Se você ainda não curtiu, aconselho curtir para que tenha acesso a todas as informações vocacionais de uma forma mais interativa e dinâmica. Também são de capital importância, os encontros vocacionais que reúnem jovens de várias paróquias da diocese motivando-os a entrarem num processo de discernimento vocacional. Aliás, um dos meus sonhos é que em cada comunidade paroquial tenha pelo menos um vocacionado e que a equipe paroquial do SAV nos ajude neste processo. Na verdade, todos os fiéis, em suas diaconias e grupos de vivência, têm a responsabilidade de ajudar também.
Vale ressaltar também, o Centro Vocacional Diocesano, com uma auxiliar administrativa dedicada exclusivamente para este importante serviço. Como seria interessante, e um grande avanço,se pudéssemos ter também algum trabalho vocacional em outros espaços pastorais, como também, nos movimentos da Igreja. Estariam estrategicamente contribuindo, e de forma significativa, na ação evangelizadora da diocese e de toda a Igreja. 
Outro ponto são os colaboradores: pessoas, empresas e meios de comunicação que abrem espaços, ajudam, incentivam, divulgam os materiais, encontros e outras notícias vocacionais. Que o nosso Bom Deus os recompense abundantemente por tanta disponibilidade e espírito de comunhão. Estes receberão um selo simbólico de “Construtores da Cultura Vocacional na Diocese de Apucarana”. Será uma forma de homenageá-los, agradecê-los e, também, para que sirva de incentivo a outras pessoas que também poderão aderir a este belíssimo projeto. 
Não poderia esquecer de manifestar minha eterna gratidão a todas as paróquias, párocos e todo povo que abriram as portas para receberem as Santas Missas Vocacionais. E as paróquias que ainda não receberam, entrem em contato com a equipe do SAV e agendem este importante momento para a vida paroquial. Com tudo isso, estamos dando passos promissores, ou seja, preparando o solo e lançando as sementes. 
Agradeço infinitamente a você que está nos ajudando, dentro de suas possibilidades e realidades, para alcançarmos esta meta. É muito bom poder contar com você, pois estamos unindo forças e exercendo, de forma mais intensa, nossa vida eclesial. Com alegria reluzente, vamos despertando no coração das pessoas, ao nosso redor, um crescente e apaixonante ardor vocacional.


Nosso Senhor Jesus Cristo esteja perto de vós para vos defender.Esteja em vosso coração para vos conservar. Que ele seja vosso guia para vos conduzir. Que vos acompanhe para vos guardar.Olhe por vós e sobre vós derrame copiosas Bênçãos! Um grande abraço a todos e a todas.


+Celso Antônio Marchiori
Bispo Diocesano de Apucarana

Escrito por Docel às 12h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/09/2015


Curta a fanpage do SAV - Serviço de Animação Vocacional da Diocese de Apucarana

Queridos amigos e amigas leitores do meu blog, o quanto sou feliz por tê-los sempre comigo através das redes sociais, este que é um importante instrumento de evangelização. Aproveitando desta preciosa oportunidade venho pedir para que nos ajudem curtindo, compartilhando e indicando para seus amigos a fanpage do SAV – Serviço de Animação Vocacional da Diocese de Apucarana o link é este: facebook.com/savdeapucarana com isso teremos mais acesso aos materiais e notícias vocacionais de nossa querida e amada diocese.

               

Escrito por Docel às 20h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/07/2015


A família recurso insubstituível da sociedade

11. A família permanece ainda hoje, e permanecerá sempre, o pilar fundamental e irrenunciável do viver social. Com efeito, nela convivem múltiplas diferenças, através das quais se estreitam relações, se cresce no confronto e no acolhimento recíproco das gerações. A família representa, precisamente assim, um valor fundamental e um recurso insubstituível para o desenvolvimento harmonioso de qualquer sociedade humana, segundo quanto afirma o Concílio: «A família é a escola de humanidade mais rica [...] é o fundamento da sociedade» (GS, 52). Nas relações familiares, conjugais, filiais e fraternas todos os membros da família estabelecem vínculos sólidos e gratuitos, na concórdia e no respeito recíproco, que permitem superar os riscos do isolamento e da solidão.

 

(INSTRUMENTUM LABORIS - SÍNODO DOS BISPOS)

 

Escrito por Docel às 01h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

18/05/2015


“A Bíblia deve estar nas mãos de todos e todos devem ser ajudados a ler corretamente a Escritura. O encontro com a Palavra viva exige a experiência de fé. Para isso, o católico precisa ser devidamente capacitado tanto no conteúdo bíblico quanto na pedagogia para iniciar e manter contato permanente com a Escritura. Trata-se, portanto, de incrementar a animação bíblica de toda a pastoral e incentivar a Leitura Orante como caminho para o Encontro com a Palavra de Deus” (DGAE, 93 / CNBB).

Escrito por Docel às 14h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Docel às 03h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Maria Santíssima e o Concílio Vaticano II

 “Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo... Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus” (Lc 1, 28. 30).

Estamos celebrando, agradecidos, o Jubileu do imenso dom que foi o Concílio Vaticano II. Convocado por São João XXIII e encerrado pelo Beato Paulo VI, o Concílio Vaticano II (1962-1965), foi e continua sendo uma corajosa opção de reavivamento espiritual e pastoral, e um chamado para a Igreja abrir as janelas para a modernidade. Sim, a Igreja é chamada a abrir suas portas e a dialogar com o mundo. Sem esse diálogo, a Igreja perde sua direção, pois Nosso Senhor a enviou ao mundo para pregar o reino de Deus. A Igreja, embora não seja do mundo, está no meio dele para evangelizar, para ser sal e luz, para transformar o mundo.
A presença da Virgem Maria é muito significativa no Concílio Vaticano II. Um tratado completo sobre o tema mariano está muito bem desenvolvido no capítulo VIII da Lumen Gentium. A maioria dos documentos faz referência a Maria, embora de maneira muito breve, como por exemplo, a Constituição sobre a liturgia, Sacrosantum Concilium, que nos exorta a celebrarmos anualmente os mistérios de Cristo, venerando com amor, Maria, Mãe de Deus, junto com a obra redentora do seu Filho. O documento sobre o ministério e a vida dos presbíteros, Presbiterorum Ordinis, nos apresenta Maria como auxiliadora na missão sacerdotal e modelo de quem acolhe a vontade de Deus. No Decreto Ad Gentes, que nos motiva a sermos missionários, Maria é lembrada como aquela que se abriu plenamente ao poder do Espírito Santo para que se formasse, em seu ventre virginal, Jesus, o missionário do Pai. No Decreto sobre a formação sacerdotal, Optatam Totius, os seminaristas são chamados a cultivar um grande amor a Maria que, aos pés da cruz, foi entregue como mãe ao discípulo amado. Em Perfectae Caritatis, Maria é apresentada como modelo para todas as pessoas consagradas que são chamadas a progredirem na santidade e a produzirem sempre mais abundantes frutos de salvação a toda a Igreja. No documento sobre o apostolado dos leigos, Apostolicam Actuositatem, Maria é o modelo perfeito de vida espiritual e apostólica. Vivendo no recôndito de seu lar, com Jesus e São José, ela colaborou, em atitude profundamente contemplativa, na obra redentora de seu divino Filho. E ela continua colaborando e nos motivando para uma vida apostolicamente eficaz. Na Constituição Dogmática Lumen Gentium, em seu capítulo VIII, encontramos uma síntese bem feita e articulada da doutrina mariana. Maria está aí relacionada com o mistério de Cristo e da Igreja. O Concílio Vaticano II inseriu Maria na História da salvação, especialmente no mistério de Cristo e da Igreja.
Destacando o lado humano de Maria, o Concílio nos faz ver que ela é uma mulher livre, consciente e responsável, cooperadora eficaz no projeto de seu Filho Jesus. E é justamente isso que importa: a presença de Maria sempre desperta uma renovação espiritual na vida de todos os discípulos e discípulas do Senhor, pois ela é, essencialmente, um modelo de fé viva e comprometida com o Reino de Deus.
A presença da Mãe de Jesus, desde a sua preparação até a conclusão do Concílio, deixou marcas extraordinárias em todos os textos do Concílio. Frutos de muita reflexão e maturação, tais textos indicam ainda um caminho a trilhar, onde Maria nos é proposta como modelo de vida e de santidade. Ela nos mostra como continuar o caminho num clima de profunda confiança na Divina Providência, sem medo de enfrentar os desafios que a realidade nos propõe, sem retroceder, mas avançando sempre, ainda que aos poucos e às apalpadelas.
Lembrando e celebrando o nome glorioso desta Mãe tão bondosa, que tão bem realizou a vontade de Deus, neste mês de maio, queremos lembrar carinhosamente de nossas mães que, à semelhança de Maria, cuidaram de nós para que fôssemos pelo batismo feitos filhos de Deus. Premiando nossas mães por tanta dedicação e amor para conosco, façamos ainda, maiores progressos na santidade e, fielmente comprometidos com o Reino de Deus, como verdadeiros missionários, trabalhemos devotados por um mundo mais humano e mais fraterno, onde todos possam viver felizes e em paz.
Apucarana, 06 de maio de 2015

+Celso A. Marchiori
Bispo de Apucarana

 

Escrito por Docel às 03h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Docel às 03h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Bispos do Brasil reunidos em Aparecida

Em Aparecida, no período de 15 a 24 de abril, mais de 400 bispos católicos se reuniram para a 53ª Assembleia Geral da CNBB. Foi um momento privilegiado de comunhão eclesial, efetiva e afetiva, e troca de experiências, onde se pode deliberar sobre os rumos da Igreja no atual momento da história.

Com a disposição de ajudar a Igreja a cumprir sua missão evangelizadora, cada bispo, com suas alegrias e preocupações específicas da sua Diocese e região, trouxe sua colaboração, participando, refletindo e dando sugestões. Todos estão preocupados com o futuro do Brasil diante das constantes denúncias de corrupção, do ódio entre grupos políticos e ideológicos, como também da violência no mundo, da perseguição sofrida pelos cristãos no oriente, das classes trabalhadoras que se veem ameaçadas com as medidas tomadas pelos governos, federal e estaduais, para fazer frente à crise econômica que se instaurou no Brasil e nos Estados.

Todos os dias os bispos se reuniam na Basílica de Nossa Senhora Aparecida para a celebração da Liturgia da Horas e da Santa Missa onde se abasteciam com o louvor, a escuta da Palavra de Deus, a pregação, a intercessão e a Comunhão Eucarística. E havia um clima de grande alegria.

Vários foram os temas que ocuparam os bispos durante estes dias. Especialmente  se debruçaram sobre as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovadas em 2011, adaptando-as à luz da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium e inserindo elementos do discurso do Papa Francisco aos bispos durante a Jornada Mundial da Juventude. Também foi trabalhado longamente o texto sobre “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”, publicado na Assembléia de 2014. A intenção é que as reflexões se aprofundem para que, na próxima Assembleia, o tema seja transformado em documento oficial. Segundo Dom Giovanni d'Aniello, Núncio Apostólico, os campos de apostolado dos leigos são, entre outros, a educação, a assistência, social, o progresso cientifico e a política. A evangelização dos leigos constitui um grande desafio pastoral. O cristão leigo exerce uma ação apostólica que lhe é peculiar e não somente um trabalho complementar ao dos ministros ordenados.

Como sempre acontece nas assembléias, foi refletido longamente sobre a conjuntura eclesial e política de nosso país. Dentro da conjuntura eclesial, diante de toda a mudança social, temos um grande desafio pela frente: como fazer para que a evangelização aconteça numa sociedade em mudança. Quanto à atual conjuntura social, política e econômica do Brasil, ficou dito que se o crescimento não for retomado em pouco tempo, as conquistas sociais estão ameaçadas. Se não voltarmos a crescer, essas conquistas já começam a mostrar corrosão. O desemprego começa a crescer e os salários vão perdendo seu valor real. A inflação começa a pesar, sobretudo, no bolso de quem depende de salários.

Houve denúncia com a falta de compromisso do governo federal que ainda não demarcou as terras indígenas e ficou dito que os últimos governos foram os que menos atuaram nesse sentido. Também tratamos da Reforma Política e de sua urgência.

Em comemoração aos 50 anos do Concílio Vaticano II, realizou-se uma celebração ecumênica com a participação de lideranças ecumênicas de igrejas pertencentes ao Conselho Nacional de Igrejas Cristãs.

Graças a Deus houve uma reflexão e um encaminhamento sobre o dízimo e sua importância para a manutenção das atividades de evangelização das centenas de comunidades no Brasil.

No fim de semana houve um retiro pregado pelo Arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, onde os bispos refletiram sobre sua vocação à santidade e a essência de sua missão: santificar, ensinar e governar.  O encerramento do retiro culminou com a missa de envio da juventude, que esteve em vigília durante toda a noite de sábado para domingo, para celebrar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, iniciando, assim, a realização do Projeto Rota 300: com a Mãe Aparecida, Juventude em Missão. 

Além disso, houve eleições para uma nova presidência da CNBB, que terá a missão de presidir a entidade nos próximos quatro anos, como também para os presidentes das Comissões Pastorais.

E muitos outros assuntos foram trabalhados e encaminhados, tais como notas pastorais e cartas ao Papa.

Que a ternura da Mãe Aparecida inspire o coração dos bispos para que, a partir desta Assembleia, possam favorecer para que cada diocese deste país seja “uma Igreja missionária, solidária e que saiba ouvir”! Que todas as comunidades eclesiais sejam verdadeiras testemunhas da misericórdia divina.

+Celso A. Marchiori

Bispo de Apucarana

Escrito por Docel às 03h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Escrito por Docel às 02h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

"Num mundo onde frequentemente se amaldiçoa, insulta, semeia discórdia, polui com as murmurações o nosso ambiente humano, a família pode ser uma escola de comunicação feita de bênção. E isto, mesmo nos lugares onde parecem prevalecer como inevitáveis o ódio e a violência, quando as famílias estão separadas entre si por muros de pedras ou pelos muros mais impenetráveis do preconceito e do ressentimento, quando parece haver boas razões para dizer «agora basta»; na realidade, abençoar em vez de amaldiçoar, visitar em vez de repelir, acolher em vez de combater é a única forma de quebrar a espiral do mal, para testemunhar que o bem é sempre possível, para educar os filhos na fraternidade" (Papa Francisco).

Escrito por Docel às 02h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sul, APUCARANA, BARRA FUNDA, Homem

Histórico